FANDOM


Em 21 de janeiro de 2009, sob o número PE 416.668v01-00, no âmbito do debate sobre o relatório sobre multilinguismo de Vasco Graça Moura, a senhora Ljudmila Novak, representante eslovena no Parlamento Europeu, apresentou três propostas de emenda ao artigo 4a perante o Comitê de Cultura:

Proposta de emenda:
4a. (novo) constata que o princípio de estima pela igualdade de direitos não pode ser assegurado enquanto é utilizada uma língua nacional (o inglês) como »lingua franca«.

Proposta de emenda:
4b. (novo) propõe que, conservando e utilizando línguas vivas, apreciando a diversidade linguística e estimulando o aprendizado das diversas línguas, estude-se a possibilidade e utilidade da introdução de uma língua artificial comum na União Europeia, como por exemplo o esperanto. Ela poderia facilitar a intercompreensão na Europa e com habitantes de outros continentes, já que ela é simples de se aprender e utilizar.

Proposta de emenda:
4c. (novo) constata que a introducção do euro como moeda comum muito facilitou o crescimento económico e uma maior estabilidade na União Europeia. A introdução de uma língua comum que, certamente, não suprimirá nem reduzirá o uso das línguas nacionais e outras línguas vivas usadas na União Europeia, poderá ter também efeitos semelhantes.